Ele só queria brincar

Ele saltou, grunhiu e rodopiou.

Fez outra graça e correu de novo.

Voltou.

Deitou com a barriga para cima.

Pegou a mão dela.

Ele só queria brincar.

Os risonhos olhos,

A leveza das patinhas,

A empolgação dos dentes a morder.

Ele só queria brincar.

Correu.

Escondeu-se.

Pulou no sofá.

Correu.

Parou.

Abaixou-se.

Fez um rebolado engraçado.

E ela sorriu.

Ela lembrou que suas dificuldades não precisam abarcar com tristeza o seu pequeno coração.

Ela sorriu.

O que nos faz um

Que possamos ser vulneráveis ao amor

Amor que constrange, nos transforma.

Que nos faz ser o que por conta própria não conseguiríamos ser.

Amor que nos une.

Nos faz um.

Amor que não é eterno enquanto dura, mas que dura a eternidade.

Amor que nos faz ver além das expectativas,

dá sabor a vida,

dá sentido à existência.

Amor que não precisa de explicação.

Precisa apenas ser vivido e compartilhado.

Metanoia

Para a metanoia vir e atingir seu ideal, o elo do meu ego construído irá se dissipar para atrair o novo, perfeito e eterno.

Construindo os degraus com a fé e esperança alcançarei não o topo das árvores ou apenas os bons frutos, mas sim a profundidade das raízes. A essência do crescimento é a nutrição para uma vida plena sem embaraços, dúvidas.

Fazendo-me da terra, entrelaçado me encontro em ti. Nunca mais serei o mesmo.

Muda o que sou, a mentalidade que criou o mundo. Crescerei quando os teus pés atingir.IMG_20180131_132232_287.jpg

Em Círculos

Eles andam contra o tempo

e acham que é normal

uma vida dissoluta

dissolvendo-se com seu mal.

O que será que eles pensam,

andando em círculos

vazios sem começo, sem fim,

sem princípios?

Contaminam-se com o veneno de se mesmos.

E, morrem sem entender a causa.

Onde vão parar com esse andar?

Onde vão chegar sem Deus escutar?

Em voltas andaram sem enxergar.

O dia passará e não mais voltará.

Terapia

Mergulhar no perfume no teu amor incondicional é submergir em rosas.

Viver em tua  plena sabedoria é sentir os pés caminharem em meio a oceanos.

Comer em tua mesa é está satisfeito e querendo mais.

Segurança é está de olhos fechados seguindo os teus passos apenas sentindo as tuas mãos a conduzir.

Ter paz é dançar no ritmo dos céus ouvindo o som que acalma um coração aflito.

 

Ciclo?

Quando tudo não passava de escuridão, eu sentia as correntes a me prender.

Quando tudo não passava de nuvens cinzas, eu sentia o medo de ouvir mais uma vez o trovão.

Quando tudo não passava de quatro paredes, eu sentia a solidão.

Como acreditar no amanhã se tudo o que vejo não passa daquilo que consigo prever?

Mas eu podia alcançar!

Podia os meus próprios limites quebrar.

Eu me vi crucificada como o tempo que me cercava.

Parecia meu fim.

O temor se apoderava.

Mas de repente o Relógio do Comum não conseguiu mas marcar seus segundos tão breve.

Algo o impedia.

Um brado se ouviu: Está consumado!

Entre tantos recortes, meu mundo conseguiu ouvir

e o tempo então se pôs a mudar…

Dia. Simplesmente, dia.

Sons de correntes quebrando é o que constantemente ouço

Liberdade se conquista a cada dia.

Nuvens brancas.

Consigo olha-las no partir da tempestade.

Renovo.

Meu quarto: Construção!

“Estou em obra!”IMG_20180131_132545_983.jpg

O Mundo

Mundo desigual.

Limites postos estão.

Há agonia de viver

Para poder viver em fim.

A luxúria e ambição

imperam nos corações.

O equilíbrio e o amor

tornaram-se abstrações

(para muitos).

Simplesmente incorporaram o egoísmo

e esqueceram do que significa “estender as mãos”.

O amor se esfriando.

percebemos e fechamos os olhos

para não enxergar

Mas, as Dignas Palavras ainda estão entre nós!

Se morrermos com Ele,

também com Ele viveremos.

Sejamos ousados para testemunhar o Cristo

que transforma

de forma contrária

a forma lógica regida aqui.IMG_20180131_130303_094.jpg